Resenha: O Demonologista

1/08/2017

O Jogo PerfeitoTítulo: O Demonologista
Autora
Andrew Pyper
ISBN-13: 97885663406
Editora: Darkside Books
Ano: 2015
Páginas: 325
Na redeSkoob
Onde comprarSubmarino, Livraria Cultura
Minha avaliação do livro✩✩
 (Três e meia)- Bom
Sinopse"A maior astúcia do Diabo é nos convencer de que ele não existe", escreveu o poeta francês Charles Baudelaire. Já a grande astúcia de Andrew Pyper, autor de O Demonologista (DarkSide® Books, 2015), é fazer até o mais cético dos leitores duvidar de suas certezas. E, se possível, evitar caminhos mal-iluminados.
O personagem que dá título ao best-seller internacional é David Ullman, renomado professor da Universidade de Columbia, especializado na figura literária do Diabo - principalmente na obra-prima de John Milton, Paraíso Perdido. Para David, o Anjo Caído é apenas um ser mitológico. Ao aceitar um convite para testemunhar um suposto fenômeno sobrenatural em Veneza, David começa a ter motivos pessoais para mudar de opinião. O que seria apenas um boa desculpa para tirar férias na Itália com sua filha de 12 anos se transforma em uma jornada assustadora aos recantos mais sombrios da alma.
Enquanto corre contra o tempo, David precisa decifrar pistas escondidas no clássico Paraíso Perdido, e usar tudo o que aprendeu para enfrentar O Inominável e salvar sua filha do Inferno.
Olá, como estão? Espero que tenham entrado 2017 bem, felizes, de barriga cheia (e talvez de ressaca). Ainda nessa onda de resenhas, resolvi trazer pra vocês um livro.
Imagine sua vida em frangalhos. Sua esposa te traiu com seu colega de trabalho, possui uma pilha imensa de problemas e não sabe como desviar deles, seu único porto seguro é sua filha. David Ullman, professor na Universidade de Columbia nos conta essa história no livro. Apesar de ser ateu, ele é especialista em mitologia e narrativa religiosa judaico-cristã, além de ser um grande estudioso da vida e obra de John Milton. Graças a esses estudos, sempre lhe é conferido um dinheirinho a mais para fazer palestras ou serviços especiais e em um desses, uma mulher misteriosa surge em seu escritório falando ter um trabalho especial para ele na Itália, com direito a passagem, hospedagem e uma boa grana. Crente de que poderia ser uma coisa simples, Ullman aceita o trabalho e vai para a Itália junto com sua filha, na pretensão de resolver o trabalho o mais rápido o possível e aproveitar as "férias". Mas na vida nem tudo são nuvens em céu de brigadeiro e ao invés de Daivd ter tempo de sobra, ele precisa correr contra o tempo para salvar sua filha de perigos que questionam a sua fé (ou a falta dela, no caso).
"Sua melancolia. Ou depressão. Junto com nove entre dez das doenças que estudei, diagnostiquei, busquei tratar. Chame do que você quiser, mas são só nomes diferentes para a solidão. É o que deixa a escuridão entrar. É contra isso que você deve lutar."

Minha Opinião:

A Darkside mais uma vez resolveu fazer um trabalho bem feito de capa, diagramação e tradução do livro. A leitura é bem dividida em partes que são mais paradas e detalhadas sobre a história, com pistas do que há o protagonista tem que fazer, e algumas de ação de tirar o fôlego (que infelizmente são poucas), Com passagens interessantes sobre os livros antigos Paraíso Perdido de John Milton, a Divina Comédia de Dante Alighieri e também a Bíblia, a obra se torna interessante para mostrar detalhes que você talvez nunca tivesse percebido antes DENTRO DESSAS OBRAS.
Queria ressaltar também que este livro tinha tudo pra ser excelente, mas devo admitir que me senti lendo algo do Dan Brown (Código Da Vinci ou Simbolo Perdido e eu gostei dos dois livros), e irei explicar o porquê agora. Demonologista usa como base para desvendar quase todos os mistérios de sua trama, o livro chamado Paraíso Perdido de John Milton (escrito no século XVII) e na minha opinião, isso faz com que você queria ler o livro original além da história feita com base nele, e isso atrapalha um pouco (lembrando que essa é a minha opinião).
Por outro lado, a história ter como base um grande livro clássico é um ponto interessante, já que faz você pensar: "Caramba, será que isso aconteceu ou há possibilidade de acontecer?", isso deixa com a pulga atrás da orelha, além de me fazer pensar numa frase que diz: "A maior astúcia do autor é nos convencer de que essa história aconteceu ou não". Não sei se essa frase já existia, mas isso vem na minha cabeça toda vez que leio um livro desse tipo.
Por fim, alguns personagens poderiam ter muita história pra contar, ou pelo menos um pouco mais de detalhes na que já tem, mas não são tão bem explorados como deveriam. Enfim, apesar dos pesares, o livro é bem interessante e parte da ideia de que o impossível pode sim acontecer e vem de onde você menos imagina. Se você já leu Dan Brown, é muito provável que goste de O Demonologista.

Abraço e até a próxima :)
Resultado de imagem para Andrew Pyper
 Sobre o autorAndrew Pyper (1968) é o premiado autor de seis romances, entre eles Lost Girls (1999), vencedor do Arthur Ellis Award, selecionado pelo New York Times como um dos livros do ano, e best-seller nas listas do New York Times e do Times (Inglaterra). Seu livro The Killing Circle (2008) foi eleito o melhor romance policial do ano pelo New York Times. Três romances de Pyper, incluindo O Demonologista, estão sendo adaptados para o cinema.

You Might Also Like

8 Comentários

Comentário(s)
8 Comentário(s)
  1. Oi Casaaaaaaaaal <3
    Eu estava curiosa para ler esse livro (por causa da capa), mas não faz meu estilo de leitura.

    Um ótimo ano para vocês!

    beijiinhooooooos!
    http://www.blahoestraich.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, uma pena que não faz seu estilo de leitura :\

      Excluir
  2. Ainda não li, e você é a primeira pessoa que liga ele ao Dan, então, tipo, eu vou gostar sim!!

    Adorei a resenha!!!

    Bjksssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico surpreso de ser a primeira pessoa que liga ele ao Dan, sério. Assim que tiver a oportunidade, leia Lelê <3

      Excluir
  3. Amei a resenha! Realmente, quando eu comecei a ler a descrição do livro já me veio na cabeça o Dan Brown, o tipo de história é meio parecido, né? Anyway, nunca li nada do Dan (só ouço falar haha) e nem O Demonologista, mas achei a história interessante ^^
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando você tiver a oportunidade de ler Dan Brown, leia. Garanto que não vai se arrepender :)

      Excluir
  4. Foge um pouco do meu estilo, mas confesso que essa resenha me deixou bastante curiosa!
    Ta vendo como vocês conseguem nos influenciar?? hahaha
    é o dom que vocês tem com as palavras
    Beijosss
    http://fogelolla.wixsite.com/fuja-da-lolla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como futuro jornalista, quando ouço/leio essas coisas fico muito feliz hahahaha

      Excluir

• Fique a vontade pra comentar, respondemos e retribuimos assim que pudermos
• Os comentários são moderados para que possamos dar maior atenção a cada um deles

Like us on Facebook