Resenha: Extraordinário - R.J. Palacio

3.5.16

ChampionTítulo: Extraordinário
Autora: R.J. Palacio
ISBN-13 9788580573015
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 320
Na redeSkoob
Onde comprarAmazonLivraria CulturaAmericanas
Minha avaliação do livro:
✩✩✩✩ - Ótimo
SinopseAugust Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Todos nós somos diferentes, mas se o "diferente" se trata de um problema na pele as coisas mudam. Auggie cresceu ouvindo de todos ao seu redor que ele era um monstro por sua aparência. Como o mesmo tinha o rosto deformado, não frequentou a escola, evitava sair na rua.... até àquele ano.
O que mudou? Seus pais decidiram que era hora do garoto frequentar a escola para interagir mais com outras crianças.
"Disseram que gostavam do meu cabelo (mas o mudaram). Disseram que gostavam do modo como eu me maquiava (embora tenham mudado isso também)."
O livro é dividido em partes, dando pontos de vista diferentes com os personagens da história: Auggie, Olivia, Summer, Jack, Justin e Miranda. Não vou contar muito sobre cada um deles, mas acreditem, cada ponto de vista faz a história ficar cada vez mais clara, e com que tudo faça sentido.
Acho que o que mais me tocou no livro, foi a forma como cada personagem se sente com relação ao August, inclusive ele mesmo. Todos temos problemas, e as vezes não aceitamos determinadas características que nos são dadas fisicamente ao nascer. Mas e quando se nasce deformado? Como fazer amigos?  Como interagir para que todos saibam que você é uma pessoa normal por dentro? Como reagir quando temos um pessoa assim tentando se enturmar?
Tocante, Auggie consegue provar que todos estão errados, que não se deve julgar um livro pela capa, nem um menino pela cara. O mais importante que aprendi com essa leitura? Que devemos ser gentis com todos ao nosso redor, independente de como elas sejam fisicamente.
O livro faz uma metáfora muito grande ao preconceito sofrido por diversas pessoas. É válida a leitura, não só pelo passatempo que ela nos traz, mas também pelo que ela nos faz refletir depois.
Recomendo, vocês irão se emocionar com o Auggie!

Sobre a autoraR.J. Palacio atua no mercado editorial norte-americano há mais de duas décadas, atualmente com dupla função: designer gráfica durante o dia e escritora à noite. Ela mora em Nova York com o marido, os dois filhos e dois cachorros. Este é seu primeiro livro. Para difundir a mensagem de Extraordinário, a autora iniciou uma campanha antibullying no site www.choosekind.tumblr.com, da qual milhares de crianças já participaram.

You Might Also Like

10 Comentários

Comentário(s)
10 Comentário(s)
  1. Li esse livro há uns anos, mas me emociono sempre que me lembro dele!
    Na bienal quero comprar os capítulos separados dos personagens ♥

    Que bom que você também gostou!!

    Bjksssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também quero, e aquele outro que fala sobre as lições do livro <3

      Excluir
  2. Ual, adoro livros que emocionam e passam uma lição.
    Adoro suas resenhas ♥
    Com carinho,
    www.meninacaprichosa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaa! Fica a dica, você vai adorar!

      Excluir
  3. Estou louca para ler esse livro está na minha listinha *-*
    Aaaaaaaaaaaaaaaaaaah meu amor, saudades <3333

    http://www.blahoestraich.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUE SAUDADES DE TU, MULHER <3333
      É muito lindo, leia!!! <3

      Excluir
  4. Joice, eu li esse livro no fim de 2014, ainda com a capa azul. Adorei o fato de ter essas narrativas intercaladas e realmente o livro é muito fofo, mas me sinto uma megera por nunca ter me emocionado como todo mundo diz que emociona
    Lembro que lia no ônibus pra faculdade, então talvez o estresse de fim de semestre tenha me deixado meio fria haha pretendo relê-lo um dia!

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria muito essa capa que consta na resenha, mas tenho só a azul mesmo também! haha
      Releia ele, talvez você tenha outro olhar sobre! <3

      Excluir
  5. É meio louca a ideia de que um jovem não frequentou a escola por causa de uma deformidade. Eu tinha visto a capa desse livro em vários lugares mas não tinha parado para ler sobre.
    | A Bela, não a Fera || Saga: Meia calça para gordas|| FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui é muito difícil ver alunos educados em casa, lá isso e tão comum, segundo os livros!
      Leia, você vai se apaixonar!

      Excluir

• Fique a vontade pra comentar, respondemos e retribuimos assim que pudermos
• Os comentários são moderados para que possamos dar maior atenção a cada um deles

Like us on Facebook